• Poder

    2024-04-24 22:30

    AO VIVO

    Câmara elege nesta quinta futuro presidente da Casa; acompanhe ao vivo

    Atualizado às 02/02/2017 17h03

    Deputados federais elegeram nesta quinta (2), com ampla maioria, Rodrigo Maia (DEM-RJ) o novo presidente da Câmara para cumprir um mandato até janeiro de 2019.

    Ele permanecerá no comando da Casa, que assumiu em julho de 2016 após a renúncia de Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

    Maia oficializou publicamente sua candidatura apenas na terça-feira (31), praticamente no final da campanha.

    Maia teve o apoio do Planalto e de 13 legendas. A vitória em primeiro turno, por 293 votos, lhe confere um mandato de dois anos em um cargo que, hoje, é o primeiro na linha sucessória da Presidência da República.

    Maia derrotou Jovair Arantes (PTB-GO), com 105 votos, Júlio Delgado (PSB-MG), com 28 votos, Jair Bolsonaro (PP-RJ), com quatro votos, André Figueiredo (PDT-CE), que teve 59 votos, e Luiza Erundina (PSOL-SP), com dez votos. A votação foi secreta.

    (RANIER BRAGON, DANIEL CARVALHO E ANGELA BOLDRINI)

    Acompanhe a transmissão da sessão:

    Acompanhe

    Encerrada a cobertura ao vivo da eleição da Câmara. Acompanhe mais notícias em Poder.
    Obrigado!

    SUPLENTES

    Substituem secretários ausentes em reuniões

    Antigos
    Mandetta (DEM-MS)
    Gilberto Nascimento (PSC-SC)
    Luiza Erundina (PSOL-SP)
    Ricardo Izar (PP-SP)

    Novos
    Dagoberto (PDT-MS)
    Pedro Uczai (PT-SC)
    César Halum (PRB-TO)
    Carlos Manato (SD-ES)

    4º SECRETÁRIO

    Antigo
    Alex Canziani (PTB-PR)

    Novo
    Rômulo Gouveia (PSD-PB)

    O que faz
    Supervisiona e gerencia o uso de apartamentos funcionais e cuida do auxílio-moradia para parlamentares que não morem em funcionais

    3º SECRETÁRIO

    Antiga
    Mara Gabrilli (PSDB-SP)

    Novo
    JHC (PSB-AL)

    O que faz
    Autoriza o reembolso de despesa com passagem aérea de deputados e examina requerimentos de licença e justificativa de faltas

    2º SECRETÁRIO

    Antigo
    Felipe Bornier (PROS-RJ)

    Nova
    Mariana Carvalho (PSDB-RO)

    O que faz
    Providencia passaporte diplomático devido aos deputados e seus dependentes

    1º SECRETÁRIO

    Antigo
    Beto Mansur (PRB-SP)

    Novo
    Giacobo (PR-PR)

    O que faz
    "Prefeito" da Câmara, acompanha os serviços administrativos da Casa, encaminha requerimentos de informação a ministros, ratifica despesas, credencia todos que frequentam a Câmara

    2º VICE-PRESIDENTE

    Antigo
    Giacobo (PR-PR)

    Novo
    André Fufuca (PP-MA)

    O que faz
    Substitui o presidente e o primeiro vice em casos de ausência ou impedimento de ambos, examina pedidos de ressarcimento de despesas médicas dos deputados

    Como ficou o comando da Câmara

    PRESIDENTE

    Rodrigo Maia (DEM-RJ) - reeleito

    O que faz
    Comanda as sessões em plenário, define a pauta de votação e ocupa a Presidência da República toda vez que o presidente sair do país

    1º VICE-PRESIDENTE

    Antigo
    Waldir Maranhão (PP-MA)

    Novo
    Fábio Ramalho (PMDB-MG)

    O que faz
    Substitui o presidente em ausências ou impedimentos e a elaboração de pareceres sobre requerimentos de informações e projetos de resolução para alterar o regimento interno

    Sai Waldir Maranhão, entra Fábio Ramalho

    A primeira vice-presidência da Câmara dos Deputados continuará nas mãos do baixo clero. Sai Waldir Maranhão (PP-MA) e entra Fábio Ramalho (PMDB-MG).

    Fólclórico, Ramalho é conhecido por alimentar seus pares com galinhadas e porcos no rolete toda vez que as votações vão até tarde. Também é conhecido pelas festas que gosta de organizar.

    O governo queria emplacar no cargo Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Não conseguiu. Lúcio foi o menos votado dos três candidatos. Obteve apenas 133 votos no primeiro turno.

    Por que a vice-presidência é um cargo importante? Toda vez que Rodrigo Maia se ausentar, é Ramalho quem assumirá o comando da Casa. Isso deve acontecer com alguma frequência, já que Maia terá que assumir a Presidência da República toda vez que Michel Temer viajar, já que ele não tem um vice.

    Fábio Ramalho disse aos seus colegas que promoveria um banquete hoje, na Câmara, para comemorar a vitória.

    Maia esperava ter sido eleito por mais votos

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que esperava ter sido reeleito com mais votos que os 293 votos que obteve.

    "Tinha uma expectativa na casa dos 300 votos. Era a conta que a gente fazia. A gente fazia uma conta maior, mas sabe que, no final, sempre, no voto secreto, tem uma perda. O número de 300 votos era um número razoável. Foi próximo disso", afirmou Maia após ser reconduzido ao cargo por mais dois anos.

    Apesar do clima de "já ganhou" antes da votação, Maia negou que já estivesse convicto da vitória.

    "Eu torço pelo Botafogo. No Botafogo acontecem coisas que ninguém acredita. Então, até o último minuto tem que esperar", afirmou o presidente da Câmara, que negou ter sido auxiliado por Michel Temer.

    "Não [tive ajuda de Temer]. Tive ajuda do período em que presidi a Câmara, o período anterior onde comandei a votação das matérias econômicas do governo. Isso sinalizou de forma clara para os parlamentares da base e para a sociedade que a minha continuação na presidência da Câmara dava tranquilidade para esta agenda", declarou em uma das inúmeras entrevistas que concedeu.

    Publicidade

    Folha de S.Paulo 2024